Comunicación Organizacional Integrada, Sustentabilidad y Compromiso Público

Escrito por  //  29 marzo, 2012  //  Edición 83, Entrevistas  //  Sin comentarios

Interview with Margarida M. Krohling Kunsch, full-time professor and researcher at the School of communication and arts at the University of Sao Paulo, Brazil.

Entrevista realizada por Carmen Rico de Sotelo a la profesora Margarida Krohling Kunsch.
Margarida Krohling Kunsch

Fotografía tomada de http://www.conferp.org.br/?p=1049

Coincidiendo con el homenaje que le brindará el próximo Congreso de ALAIC en Montevideo, (www.alaic2012.com.uy), tenemos el honor de presentar esta entrevista a Margarida Krohling Kunsch, quien es referente en materia de Comunicación organizacional y relaciones públicas. De hecho, este reportaje constituye cuasi un artículo con el estado del arte de la investigación en las materias citadas, gracias a la profundidad con que Margarida accedió a contestar las preguntas. La capacidad pedagógica, la claridad que la caracteriza y el compromiso académico intelectual inquebrantable con el que enfoca la mirada relacional, quedan expuestos en la síntesis que elaboró para DIALOGOS a partir de nuestras inquietudes. En cada una de las respuestas, hondamente reflexivas, Margarida se toma el tiempo necesario para responder con aplicación teórica y práctica. Entrevistarla y leerla supone aprender e incorporar una amplia perspectiva en la consideración del campo de la comunicación organizacional y su vínculo con las relaciones públicas.

Trayectoria de la entrevistada

Bachiller en Relaciones Públicas, magíster y doctora en Ciencias de la Comunicación y catedrática por concurso en Teorías y Procesos de Comunicación Institucional, de la Escuela de Comunicaciones y Artes de la Universidad de San Pablo (ECA-USP), es profesora titular e investigadora en dicha institución. Actualmente, es jefa del Departamento de Relaciones Públicas, Propaganda y Turismo y coordina el Curso de Post-Grado Lato Sensu de Gestión Estratégica en Comunicación Organizacional y Relaciones Públicas, creado por ella en 1999. Es profesora visitante de diversas universidades en Brasil y en el exterior en cursos de post-grado de comunicación.

Es miembro del Consejo Consultivo de la Asociación Brasileña de Investigadores de Comunicación Organizacional y de Relaciones Públicas (Abrapcorp), miembro del Consejo Consultivo de la Asociación Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), vice presidente del Consejo Curador de la Sociedad Brasileña de Estudios Interdisciplinares de la Comunicación (Intercom), directora de Relaciones Internacionales de la Federación Brasileña de las Asociaciones Científicas y Académicas de Comunicación (Socicom) y presidente de la Confederación Ibero-Americana de Asociaciones Científicas y Académicas de Comunicación (Confibercom).

Entre sus publicaciones se encuentran Planejamento de relações públicas na comunicação integrada (4. ed., 2003) e Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional (1992, varias reimpresiones), entre otras obras propias. Organizó numerosos cuadernos de ciencias de la comunicación, comunicación organizacional y relaciones públicas, entre las que se destacan: Relações públicas: história, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas (2009); Comunicação organizacional. Vol 1. Histórico, fundamentos e processos (2009); Comunicação organizacional. Vol. 2. Linguagem, gestão e perspectivas (2009); Gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas (2. ed., 2009); Relações públicas e comunicação organizacional: campos acadêmicos e aplicados de perspectivas múltiplas (2009); A comunicação na gestão da sustentabilidade das organizações (2009).A comunicação como fator de humanização das organizações (2010); Comunicação pública, sociedade e cidadania (2011).

Fue presidente de la Sociedad Brasileira de Estudos Interdisciplinares de la Comunicação (Intercom), de la Asociación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación (Alaic) y de la Asociación Brasileña de Investigadores de Comunicación Organizacional y Relaciones Públicas (Abrapcorp) – en todas ellas durante dos mandatos.

Creadora y directora responsable de las revistas científicas Organicom – Revista Brasileña de Comunicación Organizacional y Relaciones Públicas (ECA-USP) y Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, (Alaic), es miembro de consejos editoriales de diversas revistas científicas de Brasil y del extranjero, como: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação (Intercom – Brasil), Matrizes (Programa de Post-Grado en Ciencias de la Comunicación de la ECA-USP); Signo y Pensamiento (Pontificia Universidad Javeriana – Colombia); e Infoamérica – Iberoamerican Communication Review.

Para ver la entrevista completa en Español AQUÍ

Síntesis biográfica de la entrevistada:

Bacharel em Relações Públicas, mestre e doutora em Ciências da Comunicação e livre-docente em Teorias e Processos de Comunicação Institucional, pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), é professora titular e pesquisadora dessa instituição. Atualmente, chefia o Departamento de Relações Públicas, Propaganda e Turismo e coordena o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas, por ela em 1999. É professora visitante de diversas universidades no Brasil e no exterior em cursos de pós-graduação em comunicação.

É membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas (Abrapcorp), membro do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), vice-presidente do Conselho Curador da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), diretora de Relações Internacionais da Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom) e presidente da Confederação Ibero-Americana das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Confibercom).

Publicou Planejamento de relações públicas na comunicação integrada (4. ed., 2003) e Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional (1992, várias reimpressões), entre outras obras próprias. Organizou grande número de coletâneas de ciências da comunicação, comunicação organizacional e relações públicas, dentre as quais se destacam: Relações públicas: história, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas (2009); Comunicação organizacional. Vol 1. Histórico, fundamentos e processos (2009); Comunicação organizacional. Vol. 2. Linguagem, gestão e perspectivas (2009); Gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas (2. ed., 2009); Relações públicas e comunicação organizacional: campos acadêmicos e aplicados de perspectivas múltiplas (2009); A comunicação na gestão da sustentabilidade das organizações (2009).A comunicação como fator de humanização das organizações (2010); Comunicação pública, sociedade e cidadania (2011).

Foi presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), da Asociación Latinoamericana de Investigadores de la Comunicación (Alaic) e da Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (Abrapcorp) – em todas elas por duas gestões.

Criadora e diretora responsável das revistas científicas Organicom – Revista Brasileira de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (ECA-USP) e Revista Latinoamericana de Ciências de la Comunicación, (Alaic), é membro de conselhos editoriais de diversas revistas científicas do País e do Exterior, como, entre outras: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação (Intercom – Brasil), Matrizes (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da ECA-USP); Signo y Pensamiento (Pontificia Universidad Javeriana – Colômbia); e Infoamérica – Iberoamerican Communication Review.

Para ver entrevista completa en Portugués AQUÍ

Los comentarios están cerrados para esta entrada.